Pos Graduação em Exercícios Corporais Chineses

JUSTIFICATIVA:

As Praticas Corporais da Medicina Tradicional Chinesa ,em sua origem estavam incorporadas as artes marciais, exigiam grandes esforços, competência ,estudos da filosofia e muita pratica. Data da espoca dos Estados Combatentes anterior a era crista ,nesse período o guerreiro tinha de ser saudável , equilibrado e disposto a enfrentar mudanças. Esses praticantes tinham que ter um senso de ética e justiça e uma ligação com os céus (sagrado).Hoje em dia a função do especialista das artes corporais  chinesas esta dirigida  a saúde física e mental do homem .No contexto atual ,em decorrência do desajuste que o mundo atravessa ,a aplicação dessas técnicas são necessárias uma vez que trata o individuo na sua totalidade.

Em virtude disto, surge o argumento sobre a necessidade de regulamentar a prática dos Exercícios Terapêuticos chineses nas associações de classe e nas entidades de ensino. A institucionalização pelo Ministério da Saúde das Praticas Integrativas e Complementares de saúde nos termos da portaria Ministerial 971_2006.Sendo assim RESOLUÇAO do COFFITO nº 380 de 03 de Novembro de 2010 vem a complementar, ao uso do fisioterapeuta as praticas complementares. Em 24 de janeiro de 2008, de acordo com a Portaria n° 154 (Ministério da Saúde), criou-se o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), aumentando o efetivo de profissionais como médicos pediatras, nutricionistas, fisioterapeutas, acupunturistas, farmacêuticos, psicólogos, educadores físicos, assistentes sociais, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais, para atuarem junto com as equipes de saúde da família, criando ainda mais diversidade de profissões e profissionais que possam trabalhar com terapia complementar.

As praticas Integrativas e Complementares(PICS) ,denominadas pela Organização Mundial de saúde(OMS) como Medicinas Tradicionais, Complementares e ou Alternativas, preconizam abordagens integrais de cuidado, que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos, promoção e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras. A mesma O.M.S. considera que a saúde é um direito humano fundamental, e que os governos têm a obrigação de proporcioná-la a seus povos. Considera que a Medicina Convencional não é acessível para grande parcela da população. Os cuidados primários de saúde seriam compostos de práticas não convencionais e métodos terapêuticos populares aceitos pelas comunidades, implantados a um custo que possa ser mantido em cada estágio do seu desenvolvimento. Os governos devem adotar medidas sanitárias e sociais adequadas, contando com a participação de diversos profissionais da área da saúde , para trabalhar como equipes multiprofissionais atendendo as necessidades de saúde das comunidades. As terapias integrativas como os exercícios terapêuticos e uma das técnicas considerada modelo pela O.M.S. por ser eficiente e barata. Não utiliza quaisquer tipo de  instrumentos e dispensa medicamentos.

Informações Especificas:

Publico Alvo:

Profissionais da Área da Saúde.(terceiro grau)

Carga Horária:

360hs (Trezentos e sessenta horas)

O IBRAMPA e a FASEM(Faculdade Serra da Mesa), nos termos da Resolução nº 01/2007 da CES/CNE, que Estabelece normas para o funcionamento de cursos de pós-graduação lato sensu, em nível de especialização

 

Período do Curso

de Março de 2020 a Março 2021.

Horário

8 – 12hs/ 13 – 17hs

Local do Curso

Rua Francisco Mariano 16, Santa Maria, RS.

Investimento:

Matricula

R$150,00

Valor da Pos:

12 cheques de R$500,00.

       

Contatos

Sede Santana do Livramento: (55) 3242-6300, (51)-9968-0159 whats  (horário comercial)

Coordenador geral –Prof.ms. João Alfredo Mulattieiri Barão diretor pedagógico do IBRAMPA.

O IBRAMPA reserva-se o direito de convidar um dos professores no período de dois anos para os seminários ou outro de curriculo semilar .
© Copyright 2019  IBRAMPA. Desenvolvido por Gath Soluções em TI